sábado, 26 de agosto de 2017

A importância do Origami no desenvolvimento da atividade Cerebral



À primeira vista, as dobraduras japonesas parecem ser extremamente simples de se fazer. "É algo que nós humanos podemos fazer bem, mas nós não entendemos os detalhes mecânicos. Como uma criança de cinco anos de idade pode aprender a dobrar origamis, nós consideramos que é um processo simples, mas os movimentos que ele requer são muito complexos," Balkcom.
Todo o processo de construção de um modelo de origami desde a sua simplicidade à sua complexidade exemplifica o desenvolvimento de uma criança.
Todo esse conjunto de movimentos que requer fazer um simples origami, é tão complexo para uma criança, como é quando ela começa a querer dizer as primeiras palavras, os primeiros passos. O conseguir ficar em pé sem cair....... o simples facto de segurar numa coisa sem deixar cair...... todo aquele conjunto de pequenas coisas que uma criança começa a fazer e que para nós adultos é tão banal. Segurar num lápis e desenhar, escrever as primeiras letras....... e por aí fora. Ajudar uma criança a fazer origamis, e a adquirir um certo à vontade com o manuseamento do papel, com as dobras, o trabalhar com as duas mãoss..... seguir uma determinada orientação para completar o modelo pretendido, através da memorização, ou mesmo da observação dos desenhos..... são aprendizagens eficazes que ajudam no estimulo cerebral. (Martins, Manuela)
Praticado por séculos como atividade lúdica e artística, só recentemente o Origami passou a ser atração académica como objeto de estudos científicos na área da Matemática. Pesquisadores perceberam que as dobraduras poderiam ser utilizadas para descrever procedimentos e processos, o que auxilia no aprendizado da Geometria.
O Origami tem sido alvo de estudo de Educadores, psicólogos, médicos e fisioterapeutas que encontraram nesta arte uma maneira especial de estimular o cérebro.O origami ao ser executado e como os movimentos são feitos com as duas mãos ao mesmo tempo e da mesma maneira levam à ativação dos dois lados do cérebro em simultâneo.
Revelou-se uma ferramenta extraordinária para trabalhar a coordenação motora, a paciência, a criatividade e principalmente a concentração, a memória e a visualização espacial. Sendo o origami uma arte onde a cor e a surpresa estão sempre presentes estimula a persistência de ver o trabalho final .
O ser humano precisa criar, perceber o que cria e sentir e o origami permite tudo isso.
Como nos diz Sizumi Suzuki "A cada dobra uma descoberta,o papel se transforma e ganha vida...no final o sorriso ilumina nosso rosto, pois atraves de nossas mãos surge um belo origami"
O Origami é muito útil para trabalhos com a Terceira Idade
“o cérebro só deixa de funcionar por falta de estímulos, sejam orgânicos ou sociais. Até que ocorra a morte cerebral, que é algo definitivo, tem que se acreditar no poder criativo de cada um, cultivar o cognitivo, se propondo desafios dessa ordem, como, por exemplo, aprender uma língua nova e ler a respeito da cultura do povo que pratica essa língua específica. Não adianta ficar apenas repetindo o que se está acostumado a fazer, como palavras cruzadas, embora elas desempenhem o seu papel.” (Mettrau, Marsyl
Neste contexto o Origami é uma arte que permite movimentos complexos, é sempre um desafio diferente e existe uma expectativa em relação ao objetivo final o que é muito importante no estímulo cerebral.

Exemplo real e atual
Elide uma senhora de 61 anos que há algum tempo teve um AVC, depois de recuperar ela decidiu por ela mesma não ficar parada e foi fazendo cursos de variadas artes.
Um dia conheceu-me e quis que eu lhe desse aulas de origami pois na nossa conversa eu falei das aplicações do Origami do que ele “faz” em relação ao cérebro, à atividade cerebral.
Elide não se conseguia concentrar nem tinha muita paciência e possuía pouca coordenação nas mãos e tinha falta de mem
oria. Comecei a dar aulas particulares à Elide e passados alguns meses ela disse: como é maravilhoso eu conseguir fazer tudo isto".Com o Origami ela diz que conseguiu "Paciência, concentração,coordenação e sobretudo uma melhora acentuada na memória".


Albertina Fonseca

3 comentários:

  1. Adorei o post de hoje.
    Gostaria de saber se os artigos mencionados estão em português e onde encontrá-los.
    Bjones no coração ;**

    http://pdacinho.onegaibr.com

    ResponderEliminar
  2. Amei todo o texto!

    A arte do Origami, assim como todas as outras artes, são dons que Nos é dada para ajudar a edificar a alma.

    Parabéns pelo texto exposto!

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Manuela Marques13:07

    O texto exposto está muito bom! É uma das potencialidades do origami é fortalecer o cérebro por inteiro.
    É por todos estes textos que expões, que é importante a informação que recolhes e dás a conhecer, principalmente aos professores, educadores, terapeutas, etc. Eu sou professora, e fico mais enriquecida com toda esta informação.... e depois é só saber gerir, preparar e aplicar com os meus alunos, de forma a tirar o melhor partido das aulas.

    ResponderEliminar